Início

Se o destino for alcançável de moto
nós iremos lá!

Webmail Área Reservada

MCP On the Road again…!

FIM TOURING WORLD CHALLENGE (TWC) – 2020

Depois das regras de confinamento terem sido “aliviadas”, o projeto FIM TWC 2020 voltou a ser uma realidade.

Sem hesitações, uma representação do MCP arrancou no dia 9 Setembro, quarta feira, bem cedo, para chegar a Martigny na Suíça no dia 11, sexta feira. As duas primeiras etapas não tiveram história! Limitamo-nos a chegar a San Sebastian e daqui “apontamos” a Clermont-Ferrant, onde pernoitamos no dia 10. Já em terras Suíças, no dia 11, fomos fazer uma visita à sede mundial da FIM em Geneve, onde um português, de nome Jorge Viegas, ocupa o lugar mais alto da hierarquia desta organização. Sem duvida um motivo de grande orgulho. Até Martigny foram mais cerca de 150 kms de muito sofrimento, já que resolvemos fazer este percurso pela margem Suíça do lago LéMan onde o transito infernal nos obrigou a uma condução de “para / arranca” interminável. Chegamos ao hotel, que seria o nosso “quartel general” nos dois dias seguintes, já ao final do dia e com uma vontade imensa de banho e “janta”.

O TWC é um evento moto turístico que consiste em somar pontos através da presença em diversos eventos do calendário da FIM, que atribui no final do ano, o título de campeão de moto turismo individual e de campeão de moto turismo por clubes. Foi neste último que o MCP apostou! Este evento em concreto era as “20.000 Milhas sobre o Mar” organizado pela Federação Suíça e na região de Martigny – Valais. Consistia em somar pontos equivalentes ás alturas dos locais visitados… Depois de termos “afinado” a estratégia para enfrentar este desafio, lá arrancamos para a primeira etapa e, logo, em direcção ao Col-du-Sanetsch, o ponto mais alto do evento e, portanto, o que dava mais pontos. E foram muitos os pontos arrecadados, já que para lá chegar e de lá sair ainda passamos por outros locais, aldeias e vilas, encalhadas nas encostas deste “carrossel” gigante que são os Alpes Suíços. O segundo e último dia do TWC FIM veio confirmar que esta região do Valais é um “spot” fantástico para andar de moto, com estradas de montanha impecáveis que nos levam a locais paradisíacos. Destacamos o “Lac Champex” e o “Col du Gd St- Bernard a 2473m de altitude, onde se encontra uma das fronteiras entre a Suíça e a Itália. E ao final do ultimo dia do evento foi anunciada a pontuação  geral, onde o MCP, em  representação de Portugal, obteve uns fantásticos 14750 pontos. Foi um subir e descer montanhas…

Tinha chegado a hora de regresso a Portugal, onde pretendíamos chegar no dia 17, quinta feira, e queríamos continuar a divertir-nos! Escolhemos assim um percurso diferente e fomos dar uma “olhada” ao famoso Mont-Blanc Chamonix e ao Col de la Forclaz. Desta vez queríamos passar pelos Pirenéus Orientais e, assim, apontamos a Andorra para ir lá dormir Continuamos o nosso regresso com entrada por Bragança, onde aproveitamos para “matar uma posta mirandesa” e fazer o balanço desta viagem. Foram cerca de 4200kms percorridos em 9 dias, passando por 6 países, (Portugal, Espanha, França, Suíça, Itália e Andorra), e “zero” problemas nas nossas fiéis montadas.

Um tempo fantástico, uma viagem inesquecível e paisagens maravilhosas.

O espírito de companheirismo e entreajuda esteve sempre presente neste grupo de 8 amigos com uma paixão comum pelas motos.

Fica a vontade de voltar a participar nesta iniciativa da FIM no futuro, em local a definir.

2021 vai ser um grande ano de viagens internacionais! E o MCP tem os melhores sócios do mundo!