Se o destino for alcançável de moto
nós iremos lá!

Webmail Área Reservada

MC Porto no FIM Mototour of Nations Grécia 2017

21 elementos representam as cores nacionais

Eleito o "O melhor motoclube e a melhor representação no Mototour of Nations Epirus Greece 2017!"

Partiram no início do mês, do Porto, em direcção à Grécia, 21 mototuristas, em 16 motos, sócios e amigos do Moto Clube do Porto, para se juntarem às várias centenas de outros mototuristas de diversos países, para participarem no FIM Mototour of Nations 2017 que este ano decorre na Grécia.

Ler mais...

Fim de férias ... para alguns

Moto da Noite continua acompanhada pelas bifanas

Nesta 6ª feira, 1 de setembro cumpriu-se a tradição já enraízada no clube e comeram-se bifanas ao "som" da eleição da moto da noite. A Kawasaki GTR 1400 do Jorge Sousa foi a eleita pelo juri composto pelo José Martins, Paulo Mendes e Pedro Martins. As bifanas da Alice saiam a bom ritmo acompanhadas pela mini frequinha. Dia 6 de outubro há mais.

Ler mais...

PAÍS DEKARTA

20170820 DeKarta 14Era bom mas acabou-se!

Tudo o que é bom, acaba depressa! Seja o presunto ou o vinho, as férias ou os passeios de moto, a cerveja fresca ou a feijoada. E se o Paulo de Carvalho cantava que “10 Anos é Muito Tempo”, muitos dias, muitas horas a cantar, nós, no Moto Clube do Porto, gostaríamos que tivesse mais dias, mais horas para rolar… Foram 10 anos entre a primeira e a última edição do Pais DeKarta, evento que foi, uma vez mais e segundo opinião generalizada dos participantes, “um enorme sucesso, tanto pelo conceito como pelo trajeto”. Foram 10 edições que percorreram algumas das melhores estradas do Norte e Centro do País, algumas estradas da Galiza, com curvas para todos os gostos e sempre acompanhadas com paisagens excelentes.

No ano comemorativo de uma década de vida, a proposta passava por reeditar os 571,6 quilómetros do percurso da primeira edição, pelas bonitas e retorcidas estradas do Douro e Trás-os-Montes, com os participantes a respeitar todos os PPO’s (Ponto de Passagem Obrigatória) que definiam o percurso, fotografando a placa toponímica como prova da sua passagem.

Ler mais...

Honda VF 750 F foi a rainha da noite

20170804 Moto da Noitebem acompanhada pelas Bifanas da Amélia

Noite calma em período de férias, esta 6ªfeira, 4 de agosto, elegeu como Moto da Noite a Honda VF 750 F do sócio Urgel Soares. Pela 2ª vez, este sócio de Vale de Cambra leva o diploma pela escolha ditada pelo Juri de ocasião a saber os sócios António Mendes, Armando Moutinho e Nuno Oliveira.

Claro que as "barrigas" também reclamam por aditivos e desta feita, as bifanas da Amélia, sairam a bom ritmo sempre bem acompanhadas pela mini frequinha.

Para o mês que vem (1 de setembro) há mais.

Ler mais...

Folia em Trás-Os-Montes

no 18º Piquenique Brincalhão

Fim de semana excelente, repleto de gargalhadas, animação, convívio e muito calor, marcaram o regresso do famoso Piquenique Brincalhão do Moto Clube do Porto, que este ano contou com o apoio da MotoTrofa / MT Motor.

Foi nos passados dias 15 e 16 de Julho de 2017 que em terras trasmontanas se realizou o 18º Piquenique Brincalhão e as águas da albufeira do Azibo proporcionaram o palco das inúmeras brincadeiras bem participadas por todos aqueles que se associaram ao evento, em ambiente intimista e familiar.

Se as brincadeiras e o divertimento de todos foi o mote do evento, o piquenique foi substituído por refeições quentes e o alojamento confinou-se às acolhedoras instalações do Eco Park do Azibo, que tão bem nos recebeu.

Ler mais...

Passeio de doces prazeres

Na Rota do Chocolate pelas mais bonitas estradas minhotas

Chocolate, chocolate e mais chocolate! A promessa foi cumprida no mais doce passeio do ano do Moto Clube do Porto, levando caravana de 130 gulosos a descobrir a história do cacau e as várias formas de o tornar num dos mais apreciados alimentos do Mundo. Rota do Chocolate que começou nas novas e polivalentes instalações do concessionário Antero transformadas em palco para surpreendente showcooking, proporcionado por Raquel Lima (https://www.facebook.com/PedacosDeCacau/), que desvendou alguns segredos da confeção de bombons e tabletes propostos pela Pedaços de Cacau (http://pedacosdecacau.pt/). Momento de madrugadoras delícias com ensinamentos de como criar, em casa e de forma simples, bombons capazes de agradar a toda a família. E com possibilidade de provar autênticos pedaços de arte com recheio de laranja, cacau crocante, creme de avelã, praliné, limão e até manjerico entre outros sabores, acompanhando a escolha de pastelaria, sumos e café com que Antero (https://www.facebook.com/GrupoAntero/) gosta de brindar clientes e amigos. Momentos de convívio tão agradável que parecia estar a travar o arranque da caravana para a primeira parte da passeata, precedida de algumas explicações sobre o desenrolar do programa e de como rolar em grupo. Palavras do organizador acompanhadas de alguns pingos de chuva que não chegaram para assustar ninguém, mantendo os fatos de chuva bem guardados no fundo das malas.

Ler mais...

Massa com os amigos

Cantinho do Abreu foi palco de mais um Tasco Sem Fronteiras

A proposta passava por uma recheada Massa à Lavrador, servida depois de agradáveis entradinhas, das ‘obrigatórias’ azeitonas às sardinhinhas fritas, passando por pataniscas de bacalhau, e antes da sobremesa ‘a cargo’ do bom do pudim e do leite creme. Mas o resultado acabou por ser muito mais recheado, com excelente convívio de sábado à noite, no Cantinho do Abreu, em Vila Nova de Gaia, sempre bem acompanhado por um adocicado e nada agressivo branco fresquíssimo, cerveja e alguns refrigerantes, e rematado com ‘escaldante’ aguardente da mais genuína proveniência.

Excelente etapa, mais uma, dos Tascos Sem Fronteiras, que foi enriquecida pela presença de muitos amigos de Paços de Ferreira e Vale de Cambra, acabadinhos de chegar da não menos deliciosa Rota do Chocolate. Mas com estômago suficiente para as propostas gastronómicas descobertas pelo mais famoso trio de Zé’s de que há memória no panorama da ‘tasquice’ a nível mundial, o Barros, o Pintaínho e o Fial. E que já prometem novas aventuras gastronómicas, em divertidas e deliciosas descobertas dos mais típicos templos da arte de bem comer.

Ler mais...

Homenagem vitoriosa

Bento Villiars 2 ganha moto da noiteA indómita vontade de homenagear o Pai e a sua criação original levou Antônio Santos Bento a criar a Bento Viliers 2, máquina que foi considerada a Moto da Noite em julho. Nascida de uma abandonada Daelim 125 com 18 anos mas poucos quilómetros e sem pretensões a ser uma réplica perfeita (ou sequer muito aproximada...) da original Bento Viliers registada na Direção Geral de Viação em 1952, foi alvo de escolha unânime pelo júri formado pelo ex-presidente da Direção, Carlos Ruivo, pelo presidente da assembleia Geral, Paulo Ribeiro, e pelo grande DJ, João Zagalo.

Claro que a acompanhar este "concurso", estiveram as bifanas e caldo verde da Alice. Antes da sede abrir já havia gente à porta para ganhar vez.

Ler mais...

MC Porto volta a montar festa na Foz do Cávado

Jovem Martin Ryobo surpreende no Trial de Esposende

Na pista emoldurada por cerca de 1500 espectadores, o jovem galego de 15 anos Martin Ryobo conseguiu a sua primeira vitória num Trial Indoor em Portugal, neste caso na 5ª edição da prova esposendense, na noite do passado sábado, 1 de julho de 2017.

Foi a primeira jornada do Campeonato Nacional 2017 de Trial Indoor da FMP, campeonato que ainda irá a Lamego e Maia.

Desta vez, perante entusiástico público e com excelente organização do Moto Clube do Porto e aprimorada produção da Câmara Municipal de Esposende, o penta campeão nacional de Trial Indoor, Diogo Vieira, teve de se contentar com o segundo posto, ele que tinha vencido as quatro anteriores provas na Foz do Cávado.

Mas a luta, numa prova com muita música, som, luzes e até labaredas, foi renhida até ao final da última zona, tendo Martin Ryobo levado a melhor por apenas um ponto de diferença. Despique que levou ao rubro a multidão, num suspense conseguido pela meticulosa montagem dos obstáculos por parte da FMP e MCP, no já habitual Largo dos Bombeiros, no coração da cidade de Esposende.

A tenra idade de Martin é compensada pelo forte empenho e treino diário deste jovem piloto de Aldan, que neste momento disputa o Campeonato do Mundo de Trial.

Ler mais...

Serenidade e beleza máxima

de Rio de Onor a Alfândega da Fé

Desfrutar ao máximo das paisagens únicas do Nordeste Transmontano com saltinho ao outro lado da fronteira, em passeio onde a tranquilidade e o convívio, a boa comida e o descanso foram ementa principal de um evento em que, sem stress de horários ou de grandes grupos, todos os participantes desfrutaram da beleza e do agradável clima ao longo de dois dias. Em verdadeiro momento de relaxe absoluto, o pequeno mas simpático grupo beneficiou de condições únicas, rolando a ritmos turísticos, longe dos imperativos dos ponteiros do relógio, permitindo-se paragens muito tranquilas, para agradáveis descansos em zonas de frondosa beleza.

Ler mais...

Milhares de quilómetros de alegria

cumpridos durante a Festa da Criança

Em quatro dias de incontáveis voltinhas no “Rossio” do Palácio de Cristal, o Moto Clube do Porto voltou a associar-se e contribuir para o enorme sucesso que foi mais uma edição da Festa da Criança. E foram milhares os miúdos e miúdas que não perderam a oportunidade de dar uma voltinha de moto, descobrindo os prazeres das duas rodas para logo irem a correr dizer aos papás, de forma genuína, que “é um espetáculo”.

Sorrisos espontâneos que foram a melhor gratificação para os mais de 20 voluntários que, de 1 a 4 de junho, terão cumprido qualquer coisa como mais de 3000 quilómetros em Batismos de Moto. Dias de entrega que tiveram momento simbólico na tarde de domingo, quando a Honda Pan European de Abel Sousa atingiu a bela marca de 100 mil quilómetros, muitos deles efetuados em apoio às atividades do MCP e que é revelador do espírito ímpar que reina no seio deste grupo.

Debaixo de sol intenso, os voluntários do MCP não deixaram ninguém sem experimentar as sensações de andar de moto, mesmo os mais pequeninos que, sem tamanho para circularem no banco do passageiro, foram transportados com todo o carinho e cuidado sobre o depósito. E que, depois de alguma timidez inicial, saíam de sorriso rasgado, sem dúvida o melhor pagamento para o altruísta apoio dos motociclistas do Moto Clube do Porto.

Ler mais...

Bifanas, caldo verde e Moto da Noite

As motos novas também ganham

Nesta sexta-feira 2 de junho, a sede do Moto clube do Porto manteve animação extra das primeiras sexta-feira do mês. A juntar ao concurso para Moto da Noite do mês de junho 2017, estiveram a sair quentinhas as bifanas e o caldo verde da nossa cozinheira residente, Alice Barros.

À passadeira vermelha, entrou a BMW F650 GS (800cm3) da Carla Nunes, tendo sido escolhida pelos sócios João Condé, José António "Pintainho" e Paulo Beigel.

Dia 7 de julho há mais.

Ler mais...

Cozido na Charrua

Tascos Sem Fronteiras   A Charruaem mais um Tascos Sem Fronteiras

Foi neste sábado 27 de maio, que 38 convivas entre sócios e amigos, se reuniram em mais um “Tascos Sem Fronteiras”, para a degustação groumet à moda dos tascos.

Na adega regional o charrua, na maia, o prato escolhido foi o famoso cozido á portuguesa,

Isto claro está depois de variadas entradas frias, acompanhamento por meia de vinho, e fecho com a saborosa sobremesa queijo com marmelada e bolo de bolacha.

Em suma, bom ambiente, boa companhia e não menos importante, boa comida. Que mais se pode pedir? 

Mais tasco com certeza, que já está a ser agendado para julho.

Portanto já sabes, esta atento ao pasquim para mais informação, pois os "Zés" andam em busca do tasco perfeito.

Ler mais...

MCP comemorou 31º aniversário

com animado e emotivo jantar

"O tempo voa”, costuma-se dizer! Mas no Moto Clube do Porto o mais correto é dizer que... o tempo rola. Tempo que amadurece, que solidifica relações e reforça o sentimento por um clube único.

Sentimento unânime na celebração de mais um aniversário do MCP, o 31º, repleto de sucessos, excelente camaradagem e convívio, comemorado no sábado, dia 20 de maio, no muito agradável e já nosso conhecido Restaurante A Margem, na Afurada.

Com a boa disposição habitual nestes convívios, o grupo de sócios e amigos do clube homenageou os associados que cumpriram 10, 20 e 30 anos, em ambiente muito relaxado e sossegado, quase intimista. Deliciosas entradas e bebidas bem frescas marcaram o início do jantar, pelas 20.30 horas, seguindo-se o repasto, servido de acordo com o menu anunciado, com abundância e qualidade, antes de atribuir as medalhas de 30 anos de associado a Joaquim Gomes, o único de quatro que conseguiu marcar presença.

Também aqueles que cumpriram 20 anos de ligação ao Moto Clube do Porto receberam a merecida homenagem, sendo eles António Marques (representado por Nuno Leite na cerimónia), Paulo Campos e Henrique Araújo.

Na 'categoria' de 10 anos, receberam as suas medalhas os sócios Tiago Mendes, Joel Tiago, Susana Cruz, Fernando Marques, Domingos Soares e Fernando Lima. Os restantes 7 não conseguiram estar presentes.

Mas uma medalha muito especial mereceu momento de enorme carinho, com atribuição da medalha de 30 anos ao nosso sócio fundador Lizuarte Gomes, recentemente desaparecido. Medalha que não pode receber no ano passado, já que o seu estado de doença não lhe permitiu a presença no nosso jantar de aniversário. Muito honrados com a presença da Esposa, da Filha e do Genro, a quem agradecemos a presença e as simpáticas palavras dirigidas ao MCP, ficamos sensibilizados pela sua amizade e disponibilidade, além do gosto manifestado em continuar a fazer parte desta nossa 'família'.

O Moto Clube do Porto é um grande clube, exatamente à medida da enorme qualidade dos sócios que tem. Por isso, no momento de apagar as 31 velas, os parabéns, mais do que ao MCP, são para todos os sócios que fazem parte deste clube, por saberem estar na vida com um sorriso e uma atitude que a todos nos enche de orgulho.

E em jeito de despedida, até ao próximo passeio ou evento do Moto Clube do Porto, aqui deixamos o último verso de uma música do duo brasileiro Kleiton & Kedir.

"Voa, o tempo voa
Voa, meu amor
E se Deus nos abençoa
Sei que muita coisa boa
Ainda vai rolar."

Ler mais...

20 mil mulheres e 25 motociclistas

Corrida da MulherAventura na onda cor-de-rosa

Com 25 motociclistas de apoio a pintalgar, com a cor fluorescente dos coletes MCP, a enorme onde rosa que invadiu a cidade, a já célebre Corrida da Mulher que decorreu no passado dis 21 de maio e voltou a contar com enorme adesão, registando 20 mil mulheres a correr e a caminhar pelas ruas da Cidade Invicta neste evento da RunPorto.

Todos os adjetivos, como fantástico, fabuloso ou incrível, usados para classificar este evento poderiam parecer exagerados mas, é certo, todos ficariam aquém do que é estar bem no meio de tamanho pelotão, onde TODAS as mulheres estão de parabéns pela adesão e boa disposição constante. Cor e alegria que que não deixou ninguém indiferente e levou o MCP a estar presente com 25 motos no apoio às mais variadas funções da organização. Duplo recorde que esperamos ver ultrapassado no próximo ano, com animação a rodos e brincadeiras que ajudaram a passar um domingo, mais um, fora de série.

Ler mais...

Noite de Fado na Sede MCP

Guitarradas em noite de Eurofestival

Que nem peregrinação a Fátima, na noite de 13 de maio, os sócios do MCP rumaram á sua sede para ouvir o Álvaro Basto e seus amigos, num reportório de fados de Coimbra.

Uns mais conhecidos e outros menos,… os fados claro, mas todos encantaram as muitas presenças que lá estiveram!

Os artistas, esses deram o seu melhor e com uma simpatia contagiante!

Noite agradável, com bom convívio e casa cheia! O bar respondeu a todas as necessidades, e a audiência respeitou o silencio… porque se estava a cantar o Fado!!

No final ainda houve espaço para um espontâneo (obrigado pela assistência) subir ao palco e dar um gostinho á voz…

Sempre activo, o teu MCP continua a inovar, oferecendo programa cultural variado…

 

Ler mais...

Formação de Primeiros Socorros

para sócios do MCP e amigos da MT MOTOR

Foi no sábado 6 maio que se realizou mais uma Formação em Primeiros Socorros na nossa sede.

Responderam 20 pessoas ao desafio de saber mais nesta área muito importante. 

Com o objetivo de treinar de uma forma simples e divertida ações que podem fazer a diferença em caso de acidente, foram explicados os princípios e as técnicas do suporte básico de vida segundo o novo algoritmo.

Depois da parte teórica segui-se a parte prática com manequim próprio para uma melhor aplicação de conhecimentos, mas não sem antes os participantes terem recarregado energias para esse esforço, com um lanche que lhes foi preparado para o efeito.

A Anatilde foi a nossa formadora de serviço, que com a grande experiência de rua aos serviços da VMER (viatura médica de emergência) do INEM, apresentou de uma forma simples as técnicas e esclareceu todas as dúvidas sobre este tema.

No final foi unânime a satisfação de todos pelos conhecimentos adquiridos e de que gostariam de aprofundar ainda mais, e estender os conhecimentos para áreas não abordadas.

A formadora  concordou com as sugestões, pelo que ficou no ar a possibilidade de ser efetuada a continuação desta formação lá mais para o final do ano.

Por isso será um até breve...

A voz do Fundador - Lizuarte Gomes

Por Lizuarte Gomes - sócio nº 13 de 14 de Maio de 1986

Em jeito de homenagem destacamos o artigo escrito pelo Lizuarte aquando da comemoração dos 25 anos do Moto Clube. Até sempre.

Caros Amigos

Sobre o nascimento deste clube, de que hoje todos nós nos orgulhamos, não me parece haver nada mais a acrescentar ao que já foi dito pelos anteriores relatores.

No entanto, e aproveitando esta oportunidade para recordar outros tempos, retrocederia mais de trinta e cinco anos para vos falar daquelas motos, as que naquela altura usávamos, e que não eram mais que as resistentes do velho império inglês, travestidas para parecerem mais actuais.

Recordo a família Garcia, que na época revolucionou o motociclismo na cidade do Porto, com o pai Garcia e a sua Norton Comando 750, o saudoso Jorge Garcia e a sua Triumph 500 dos anos cinquenta e o mais jovem Osvaldo Garcia que, em paralelo com o que se passava comigo, insistia em trazer para a estrada as velhas Harley KH 900 da extinta Policia de Viação e Trânsito, convertidas em moderníssimas versões “café racer”.

Lembro também o meu amigo Virgílio Guimarães, hoje em dia mais conhecido como o “Bala” com a sua rapidíssima BSA A-7 SS dos princípios dos anos sessenta, e as corridas que então fazíamos nos regressos a casa, assim como as enormes poças de óleo que deixávamos no terreno, sempre que se parava  para um convívio de café e acalmar a tremedeira nos pés.

Já nos meados dos anos setenta e com a chegada da nova tecnologia japonesa, este espírito foi mudando e os horizontes dos passeios alargando. Recordo com saudade os passeios que então realizamos, as idas a Sanxenxo, as almoçaradas no Gerêz, mas também a gasolina a cinco escudos e setenta centavos, o espírito de entreajuda e grande amizade reinante entre todos, os regressos a casa com um pendura ou como pendura, a fiabilidade mecânica não era exactamente a de hoje em dia, assim como as motos que usei e que ainda hoje guardo, que se iniciaram por volta dos quinze anos com uma Yamaha ss50, mais tarde com uma Kawasaki 350 a que se seguiu uma Z1 900, e que já nos inícios dos oitenta passou a ser a Z 1300. Em paralelo com a condução destas motos, à época modernas, crescia já o gosto pelo restauro e conservação de exemplares bastante mais antigos, que ao longo dos anos foi adquirindo.

Já agora e como curiosidade, será que no ano de comemoração dos 25, alguém ainda se lembra da primeira apresentação pública e televisiva deste nosso Clube? Bem eu digo, foi realizada nos estúdios da RTP 2, no decorrer dos anos oitenta, em que fomos representados por uma muito digna Indian de 1929 e uma majestosa Kawasaki GTR 1000, representativa do que mais moderno se produzia na época.

Mas já chega de recordar, porque o Clube está vivo e bem vivo, como facilmente se pode verificar pela sua recente e em todos os termos, louvável, realização da Festa da Moto, que não só muito dignifica esta associação, mas também todos aqueles que com a sua dedicação nela se empenharam. Assim vale a pena, que a festa se repita.

Até sempre

Com um abraço amigo

Lizuarte Gomes

Ler mais...

PRP do Porto convida MCP

para evento de prevenção rodoviária

Foi no passado dia 3 de maio e no Silo Auto do Porto, que se realizou este evento em que participaram além do Moto Clube do Porto (MCP), a PSP, os Bombeiros, a Policia Municipal, a Policia Criminal, a Protecção Civil, a Escola de Condução Segura da PSP e as escolas da cidade em geral.

Muitas crianças a visitar o evento e a tomar contacto com as regras de transito, as actividades desenvolvidas pelas várias policias, as tecnologias disponíveis em desencarceramento e em investigação criminal, bem como um baptismo de moto, claro!!

Dia agradável, com carrossel de motos constante e alegria habitual das crianças que passam por esta experiencia!

O MCP esteve presente com o apoio fantástico de 10 sócios, que incansáveis, mostraram bem as valias de um clube de excelência e sempre disponível e dedicado á sociedade civil e sua cidade!

Ler mais...

Moto da Noite bem acompanhada

pelos petiscos da Alice

Nesta 6ª feira, 5 de maio, mais uma vez o Caldo Verde e asx Bifanas sairam a biom ritmo, já sendo o ponto de encontro para jantar de alguns associados. Já há quem telefone a reservar, pois não podem chegar cedo, mas não querem perder o petisco.

E a animar a petisquice, tivemos a eleição da Moto da Noite do Mês de Maio.

Desta feita a vencedora foi uma Honda Goldwing 1100 de 1981, em muito bom estado e trazida até à sede do clube pelo sócio Gilberto Monteiro. A escolha esteve a cargo do Júri composto pelos sócios Aurélio Morais, João Pedro Pinheiro e Paula Ruivo.

Quem será o vencedor de junho? 

Ler mais...

À Descoberta de Trás-os-Montes 2017

Ou como passar do Outono à Primavera em 3 dias

Perito na inovação, o Moto Clube do Porto voltou a criar evento sem paralelo, levando a bom porto mais uma edição do “À Descoberta…” Este ano apontado a Norte, com epicentro em Chaves e três dias de inovadores passeios por Trás-os-Montes, incluindo mesmo um saltinho a Espanha. Paisagens deslumbrantes e estradinhas deliciosas abriram o apetite para a mais requintada e abundante gastronomia de que há memória. E nem as mudanças de humor de S. Pedro, passando do tempo primaveril ao mais invernoso que se possa imaginar em menos de nada…

Ler mais...