Se o destino for alcançável de moto
nós iremos lá!

Webmail Área Reservada

Tempestade de diversão e bem comer

Nem a ameaça de chuvadas fortes e ventos ciclónicos roubou brilho ao Fabuloso Passeio ao Pito

Poucos mas bons os motociclistas que desafiaram as mais ameaçadoras previsões meteorológicas rumo a curta mas intrépida viagem até Calvelo, ali bem perto de Ponte de Lima. E assim tornaram o Fabuloso Passeio ao Pito em enorme sucesso… à escala. É que, mesmo sendo um pelotão compacto, quem foi não poupou encómios ao pica no chão, o típico arroz de cabidela confecionado com galos caseiros, preparado pelos mordomos da Comissão de Festas do Sr. Do Calvário.

Antes ainda, tempo para uma boa centena e meia de quilómetros, sem um pingo de chuva, desde a sede do Moto Clube do Porto onde, depois do cafezinho da praxe, arrancou a caravana em direção a norte, aproveitando o bom acordo conseguido pelos organizadores com S. Pedro para desfrutar de uma boa dose de curvas. E com asfalto seco, logo surgiram os sorrisos no rosto dos participantes, incluindo um estreante que já foi… Campeão Nacional de Ciclismo. Carlos Carneiro, nome que dispensa apresentações nas lides velocipédicas, graças a muitas vitórias e aos títulos de Estrada Elites em 1988 e 1999, e de Equipas, em 2000, cumpriu aqui o primeiro passeio, com a moto comprada há pouco mais de uma semana, e juntamente com a esposa Paula, adorou a experiência. Os outros, mais rodados, aproveitavam cada centímetro de asfalto para tirar o bolor aos pneus, de pouco uso por força da intempérie que tem fustigado o País de norte a sul.

Ritmo prazenteiro até Vila Verde para uma primeira paragem na nossa bem conhecida chocolataria artesanal Chocolate com Pimenta, onde os bombons e os Antoninos, esses pastéis tradicionais recuperados pelo mestre Pedro Sousa, foram acompanhados por um cafezinho à maneira. Pausa para dois dedos de conversa, enaltecendo as “Organizações Isabel & Ribeiro, Sempre com um Tempo Porreiro” antes de mais uns quilómetros, ainda e sempre sem chuva, com passagem por Ponte da Barca e Ponte de Lima, até atingir o alto do Senhor do Calvário. Onde, enquanto se contavam as peripécias da primeira parte de mais um passeio do Moto Cube do Porto marcado pelo forte pendor gastronómico, as deliciosas entradas, do chouriço assado aos bolinhos de bacalhau e rissóis, da broa às azeitonas, iam preparando os estômagos para a monumental cabidela. Cujo aroma começava a invadir aquela que, chegada a época da romaria, nos primeiros dias de agosto, serve de casa dos andores. E se o aroma deixava água na boca, não tardou a comprovar-se a valia destas bravas mordomas, de mão certeira e paladar afinado, com rol de competências comprovadas mais adiante, na altura das sobremesas. Pudins de vários sabores, bolos de bolacha e chocolate e outras tentadoras doçarias caíram ‘que nem ginjas’, prolongando ainda mais um verdadeiro almoço familiar de domingo.

E tão agradável estava a conversa que nem se deu pela chegada… da chuva. “Que não havia problema”, disseram uns. “Para justificar trazer o fato de chuva” acrescentaram outros. “Agora pode vir com a força que quiser, estamos almoçados” remataram os terceiros. E realmente não houve problema, rumo a casa, com a companhia de umas gotas de água e umas brisas mais fortes, mas incapazes de arrefecer o entusiasmo depois de um dia, mais um, bem passado na companhia de amigos. E com a certeza de que, uma vez mais, ficou a perder quem da chuva teve medo…

01_Passeio_ao_Pito_20180304
01_Passeio_ao_Pito_20180304 01_Passeio_ao_Pito_20180304
02_Passeio_ao_Pito_20180304
02_Passeio_ao_Pito_20180304 02_Passeio_ao_Pito_20180304
03_Passeio_ao_Pito_20180304
03_Passeio_ao_Pito_20180304 03_Passeio_ao_Pito_20180304
04_Passeio_ao_Pito_20180304
04_Passeio_ao_Pito_20180304 04_Passeio_ao_Pito_20180304
05_Passeio_ao_Pito_20180304
05_Passeio_ao_Pito_20180304 05_Passeio_ao_Pito_20180304
06_Passeio_ao_Pito_20180304
06_Passeio_ao_Pito_20180304 06_Passeio_ao_Pito_20180304
07_Passeio_ao_Pito_20180304
07_Passeio_ao_Pito_20180304 07_Passeio_ao_Pito_20180304
08_Passeio_ao_Pito_20180304
08_Passeio_ao_Pito_20180304 08_Passeio_ao_Pito_20180304
09_Passeio_ao_Pito_20180304
09_Passeio_ao_Pito_20180304 09_Passeio_ao_Pito_20180304
10_Passeio_ao_Pito_20180304
10_Passeio_ao_Pito_20180304 10_Passeio_ao_Pito_20180304
11_Passeio_ao_Pito_20180304
11_Passeio_ao_Pito_20180304 11_Passeio_ao_Pito_20180304