Início

Se o destino for alcançável de moto
nós iremos lá!

Webmail Área Reservada

MCP - Trails de Outono 2021

Bom tempo em Novembro...toca a andar de moto!

Domingo, 21 de novembro, um dia cheio de sol e com temperaturas ideais para trilhar as montanhas com as nossas Big Trails.

À semelhança de há dois meses, no passeio de Verão, voltamos à terra num dia com pouco pó e até algum calor. Num Outono muito pouco chuvoso, as esperadas poças de água e lama não fizeram a sua aparição. Nos cerca de 70 km de troços marcados, as maiores dificuldades foram a pedra solta e algumas regueiras, mais ou menos fundas, “lá colocadas” para apimentar um pouco a condução em fora-de-estrada.

À hora marcada para a partida, a comitiva de “grandes pilotos e pilota” lá estava toda reunida na Praia Norte, em Viana do Castelo, atenta ao briefing inicial. Dali, a caravana de 19 motos seguiu em direção às montanhas a norte de Viana, sempre em formação e seguindo o líder. Estes trilhos são sempre magníficos, com belas paisagens de serra e floresta, pontuadas aqui e ali por avistamentos de cavalos garranos e gado bovino, que por ali pastam calmamente.

O primeiro objetivo estava marcado, a capela de Nossa Senhora da Cabeça, onde fizemos a primeira paragem e nos foram servidas umas refrescantes bebidas e um retemperador petisco. Agradecimento às simpáticas, sócias e amigas do clube, Fátima’s, Iglésias e Silva. Ah, e como já não podia deixar de ser, o tradicional chiripiti do FF 007 😉

Já atestados, fizemo-nos novamente aos trilhos, à exceção do Henrique, que, com pena, teve de abandonar o passeio devido a um furo lento. Antes de rumar novamente a sul, passagem pelo alto das serras de Caminha, com vistas para o rio Minho. Descida a Vila Praia de Âncora e de novo para o alto, ao Parque Eólico do Carreço, percorrendo alguns belos e rápidos trilhos de gravilha. Antes do final, mais uma paragem que fica na memória para quem aprecia paisagens, o Miradouro das Bandeiras. Vista aberta e larga sobre o Atlântico, com o Farol e os antigos moinhos de Montedor, “ali em baixo”.

No final do passeio, curto, como os dias que temos por esta altura do ano, o esperado almoço no Restaurante do Sérgio. Sem dúvidas que, se até aí o passeio tinha decorrido sem grandes problemas, sofremos por lá o “atascanso” do dia 😊. Sentamo-nos à hora marcada. Levantamo-nos duas horas depois. Que bem que soube esta lauta refeição, confraternizando entre os amigos destas lides!

O regresso livre a casa iniciou-se com o sol a pôr-se. Chegamos ao Porto, depois de quase 100 km de ligação, já noitinha escura. Para quem tem e faz uso da sua Big Trail, já está habituado!

Para já ainda não há marcação, mas no início de 2022 surgirá o novo calendário do teu Moto Clube do Porto, com mais uns passeios para serem desfrutados.

Que assim seja, se o covid quiser! 😉

Joaquim Alves