Início

Se o destino for alcançável de moto
nós iremos lá!

Webmail Área Reservada

Calendário de muita animação para 2024

Contas e plano de atividades apresentados em Assembleia geral

Contra ventos e marés, resistindo a vários contratempos, ultrapassando períodos muito complicados como foi o caso do COVID-19 e respondendo de forma cabal a muitos arautos da desgraça, o Moto Clube do Porto apresentou o Relatório de Contas de 2023 marcado por números bem positivos, e revelou um orçamento e um programa de atividades para 2024 que confirma as ambições do clube, a um passo de cumprir o 38.º aniversário. Dados concretos que atestam a vitalidade do MCP que, no ano passado, organizou e marcou presença coletiva em 71 eventos, ao longo de 120 dias, envolvendo 1495 pessoas num total de 355.038 km percorridos.

Para 2024, o Programa de Atividades apresentado nesta reunião magna por Luís Pires, o mais jovem elemento dos Corpos Sociais, conta já com 57 eventos programados (contra os 45 por esta altura em 2023), número que poderá e deverá crescer, nomeadamente com atividades que venham a ser propostas pelos sócios. Depois do Jantar de Reis e do Passeio de Reis, os sócios que se deslocaram à sede social do MCP, descobriram o próximo desafio, batizado de Rusga dos Merendeiros, um passeio extremamente acessível, com almoço em piquenique num local de enorme beleza. E ficaram também a conhecer os Passeios das Quatro Estações, tanto na vertente de estrada como de todo-o-terreno.

Por entusiasmantes estradinhas asfaltadas do Minho, com imensas curvas, muito prazer de condução e belas paisagens, o Rui Carvalho e Castro levará a caravana estradista do Passeio de Inverno, a 3 de março, enquanto duas semanas depois, a 17 de março, será a vez do Joaquim Alves levar o pelotão de aventureiros por trilhos fora-de-estrada.

Nesta apresentação foram ainda desvendados alguns pormenores do Passeio a Foz Côa (22 a 24 de março), organizado pelo Paulo Mendes, e que surge como espécie de continuação do Passeio ao Planalto Mirandês, à procura de encontrar as amendoeiras em flor, por estradas pavimentadas e com pouco movimento.

De espírito bem diferente o 28.º Moto Rali do Moto Clube do Porto decorrerá nos dias 20 e 21 de abril, na zona de Castro D’Aire, enquanto a já tradicional ReVolta Motorraliana proporcionará uma aventura diferente, ao longo de 7 dias por estradas do sul de Espanha, incluindo locais que são classificados pela UNESCO como Património da Humanidade.

Mas, revelando a heterogeneidade dos sócios do MCP, foi lançado o desafio para a presença em eventos do Touring World Challenge, nomeadamente o FIM Mototour das Nações, em Granada, no final de agosto, e, ao mesmo tempo, para eventos mais ‘caseiros’. Como é o caso do Passeio a Castelo Branco, proposto e organizado pelo sócio Pedro Soares Lopes em meados de setembro, com promessa de descobertas surpreendentes na gastronomia, folclore, história e paisagens da Beira Baixa.

Um calendário intenso, com atividades em praticamente todos os fins-de-semana do ano, e que abrangem os mais diversos âmbitos, de atividades na sede aos passeios de todo-o-terreno, passando pelas mais longas viagens e pelas ações de apoio social. E que deixou os sócios presentes na Assembleia geral com sorrisos estampados nos rostos, proporcionando muitas e diversificadas oportunidades para fazer o que mais gostamos: passear de moto!