Início

Boas Festas

Webmail Área Reservada

À descoberta dos faróis galegos

O último evento pontuável para o TWC 2002 foi a Volta à Galiza.

O Moto Clube do Porto, vencedor das edições do TWC de 2020 e 2021 e à procura do “tri”, não podia deixar de estar presente, sobretudo depois da simpática oferta, por parte da organização do evento, de várias inscrições aos primeiros sócios a formalizarem a sua inscrição. Assim, na 6ª feira 7 de outubro, foram mais de 20 os sócios que em vários grupos se dirigiram a Pontevedra para as Verificações e Prólogo. Ao contrário de 2021, em que o evento decorreu com um tempo bastante “húmido”, o tempo estava magnífico e o prólogo começou a mostrar aos participantes locais menos conhecidos. A primeira etapa levou-nos de Pontevedra ao Cabo Finisterra, onde começava verdadeiramente a Rota dos Faróis, seguindo pela costa com passagens nos Faróis de Touriñan, Muxia, Vilán, Laxe, Roncudo e Punta Nariga, para terminar na Torre de Hércules, já na cidade da Corunha onde ainda tivemos uma visita ao Museu da Estrella Galicia. Infelizmente a organização foi demasiado ambiciosa com a quilometragem do dia e grande parte dos participantes não conseguiram ir a todos os faróis, no entanto todos levaram boas recordações das estradas e paisagens que lhes foram oferecidas ao longo do dia; na visita ao Museu da Estrella Galicia, pudemos ficar a conhecer a história desta marca de cerveja, ver como se fabrica e, no final, ter uma prova de degustação, antes do regresso a Santiago de Compostela para jantar e dormir. O último dia do evento tinha início próximo da Corunha, para retomarmos a rota onde a tínhamos deixado na véspera; até Ferrol os diversos grupos espontaneamente formados, pois era difícil rolar com um grupo de mais de 20 motos, seguiram mais próximo da costa ou mais pelo interior, mas todos acabaram por se ir encontrando ao longo dos pontos principais, o primeiro era o Farol de Prioriño, seguindo-se o de Prior, Punta Frouxeira, Punta Robaleira, Candelária, San Andrés de Teixido, Cabo Ortegal, Cariño e terminar no Farol de Estaca de Bares, antes do regresso ao Monte do Gozo, em Santiago, para a fotografia de grupo; mais uma vez a ambição de tudo mostrar foi má conselheira e, devido ao elevado número de kms não foi possível atingir todos os locais propostos. Para fechar este evento tivemos um cocktail de encerramento seguido da entrega de prémios e sorteio de lembranças. Infelizmente o regresso, para quem ficou até ao final, foi feito de noite e debaixo de chuva, mas não estragou o muito agradável fim de semana de excelente convívio.
Para o ano há mais e continuaremos a contar convosco para representar o Moto Clube do Porto além fronteiras.